quinta-feira, 27 de julho de 2017

MICK JAGGER LANÇA EP INÉDITO!!!


CANTOR ACABA DE DISPONIBILIZAR AS FAIXAS SOLO “GOTTA GET A GRIP” E “ENGLAND LOST” E DOIS VIDEOCLIPES


A lenda do rock Mick Jagger está de volta com o lançamento de duas faixas solo inéditas na semana em que completa 74 anos de idade. “Gotta Get a Grip” e “England Lost” são respostas urgentes do cantor ao que ele chama de “confusão e frustração com a situação política em que nos encontramos”. Mick diz que as músicas foram resultado de uma “ansiedade gerada pela incerteza nas mudanças políticas” e entrega sua opinião sobre o tema com a mistura de riffes de guitarra e batidas enfáticas, acompanhados dos vocais poderosos e inigualáveis do artista, enquanto ele canta sobre todas as notícias que envolvem os poderosos que governam a Inglaterra.

“England Lost” fala sobre um jogo de futebol, usado como analogia para falar do país e da situação política atual, enquanto “Gotta Get A Grip” nos permite acompanhar o pensamento do vocalista dos Rolling Stones com relação às guerras e escândalos políticos, e toda sua frustração. As faixas são a trilha sonora perfeita para o momento em que vivemos no mundo, e foram criadas de um jeito que apenas Mick Jagger poderia fazer. O resultado nos leva a refletir de maneira elétrica, perturbadora e provocante sobre os temas das canções.

O lançamento de duas faixas individuais é novidade para Mick Jagger. Usando a velocidade dos streamings em levar a música para os fãs, Mick fala sobre a urgência em lançá-las no momento atual. “Assim que comecei a escrever as duas músicas em abril, quis lançá-las o quanto antes. Fazer um álbum completo normalmente leva tempo. É renovador poder ser criativo de uma maneira diferente e livre para gravar e lançar a música imediatamente. Não queria esperar até o ano que vem, porque estas músicas perderiam seu impacto e não significariam mais nada”. 


Ouça o resultado aqui

Para acompanhá-lo no projeto, Sir Mick Jagger contou com a participação de grandes nomes da música atual, que aceitaram prontamente o convite para fazer remixes das faixas em versões “reimaginadas”. O rapper inglês Skepta participa de “England Lost”, o duo de produtores norueguês Seeb fez sua versão de “Gotta Get A Grip”, assim como Kevin Parker, Matt Clifford e o brasileiro Alok.

E para finalizar o dia de lançamentos, Mick Jagger divulga hoje os vídeos de “Gotta Get A Grip” e “England Lost”, os dois dirigidos por Saam Farahmand, e estrelados por Jemima Kirke, da série “Girls”, e Luke Evans, da nova versão de “A Bela e a Fera”. 

Assista:
http://vevo.ly/RFxtG9

ttp://vevo.ly/LcwVDb

Alok em “Gotta Get A Grip”

O DJ e produtor brasileiro Alok foi um dos escolhidos por Mick Jagger para criar a sua versão de “Gotta Get A Grip”. Alok trouxe para as pistas a importante reflexão de um dos maiores ícones da música sobre temas atuais e que envolvem, não só os ingleses, mas as sociedades de todo o mundo. Ouça Alok e os outros artistas convidados nas versões “reimaginadas”: https://umusicbrazil.lnk.to/ReimaginedRemixes .


Mick Jagger - Gotta Get A Grip/England Lost – Reimagined
  1. England Lost feat. Skepta
  2. Gotta Get A Grip (Seeb Remix)
  3. Gotta Get A Grip (Kevin Parker Remix) (Tame Impala)
  4. Gotta Get A Grip (Alok Remix)
  5. Gotta Get A Grip (Matt Clifford Remix)

Disponíveis nos formatos:
Vinil e CD Edições limitadas, download e em todos os serviços de streaming.


quarta-feira, 26 de julho de 2017

Canal "No RJ tem!" - A Catedral Metodista!

Olá visitante do Blog No Rio de Janeiro tem, seja muito bem vindo!

A cidade do Rio de Janeiro sempre foi muito rica, mas muito rica mesmo em histórias de locais e pessoas famosas. Em cada edificação, rua, praça ou monumento é contado em verso e prosa o conteúdo de cada um desses cantos que fizeram não só parte da antiga Capital como de todo Brasil.


Situada no bem na divisória entre os bairros de Laranjeiras, Catete e Flamengo a antiga Igreja (ou capela) do Cattete começa a sofrer suas transformações para chegar ao que é hoje a partir de 1878 com a vinda para o Brasil do primeiro missionário Metodista enviado para cá seu nome, Reverendo Ranson , que instala ali o primeiro espaço na cidade voltado para essa vertente religiosa Cristã.

Confira o vídeo no canal "No RJ tem!" mostrando a beleza deste nosso edíficio histórico!


Primeiro vídeo - A Catedral Metodista https://youtu.be/bvFJVgkH4pI
 via @YouTube

FEITO HISTÓRICO: DUAS MÚSICAS LATINAS SÃO HOJE AS MAIS OUVIDAS EM TODO O MUNDO


“Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, e “Mi Gente”, de J Balvin, lideram o Top 50 Global do Spotify, em primeiro e segundo lugares



Pela primeira vez na história, duas músicas latinas lideram a parada Global do Spotify. O megassucesso “Despacito”, de Luis Fonsi, e “Mi Gente”, de J Balvin, são hoje as músicas mais ouvidas no serviço de streaming.

A composição de Fonsi já bateu diversos recordes e a música continua forte, sem mostrar sinais de que deixará o primeiro lugar em breve. Lançada em janeiro, “Despacito” já possui mais de 1.3 bilhões de plays nas versões originais e remix (com participação de Justin Bieber) e o vídeo está chegando aos 3 bilhões de visualizações. 


Veja: 

O sucesso do “rei do reggaeton” J Balvin também não é novidade. Ele vem conquistando o mundo com o som colombiano e possui grandes sucessos na manga, dentre eles a música “Safari”, com parceria de Pharrell Williams, e “Ginza”, cujo a versão com a brasileira Anitta tem mais de 40 milhões de visualizações no YouTube.
O novo hit é a animada “Mi Gente”, que está tomando conta das redes sociais e chegou ao 2º lugar da parada Global do Spotify em apenas três semanas, além de se tornar a música com a melhor ascensão da Billboard Hot 100. No Brasil, ela aparece no Top 20 da parada nacional do Spotify. O vídeo já foi visto por mais de 200 milhões de pessoas e já é um dos 5 maiores lançamentos do ano no YouTube.

Assista

O sucesso é tão grande que a rede social Snapchat criou um filtro especial inspirado no colorido do vídeo clipe, que permite que os usuários façam vídeos ao som de Balvin.
A influente rádio norte-americana Z100 declarou sua obsessão pela música e alguns dos DJs mais importantes da atualidade, como Hadwell e Alesso, já começaram a lançar seus próprios remixes.

“Despacito” vira tema político na Venezuela
A música apareceu ontem nos noticiários internacionais por conta do uso indevido de Nicolás Madure em sua campanha política, o que deixou os compositores Luis Fonsi e Daddy Yankee descontentes. Fonsi recorreu as redes sociais para dar um posicionamento: “Em nenhum momento fui consultado e não autorizei o uso e mudança na letra de “Despacito” para fins políticos, muito menos em meio a situação deplorável que vive um dos países ao qual quero tanto bem como a #Venezuela. Minha música é para todos que querem escuta-la, não para ser usada como propaganda para manipular a vontade de um povo que grita por liberdade e por um futuro melhor”, escreveu.

Ouça e baixe “Despacito”:  https://umusicbrazil.lnk.to/Despacito
Ouça e baixe “Mi Gente”: https://umusicbrazil.lnk.to/MiGente